Início Atualidade Altice Portugal inaugura centro de interligação de redes internacionais em portugal

Altice Portugal inaugura centro de interligação de redes internacionais em portugal

Altice Portugal inaugura centro de interligação de redes internacionais em portugal

Altice Portugal inaugura centro de interligação de redes internacionais

A Altice Portugal inaugurou um Centro de Interligação de Redes Internacionais em Linda-a-Velha, Oeiras. O investimento de mais de 3 milhões de euros foi cofinanciado pela União Europeia. A CEO da Altice, Ana Figueiredo, destacou o compromisso da empresa com Portugal.

Altice lança altice LDV

O novo espaço, chamado Altice LdV, é uma alternativa aberta e neutra para a interligação de redes nacionais e internacionais em Portugal. Ele visa alojar redes internacionais de telecomunicações e oferecer escala e competitividade à área metropolitana de Lisboa. A Altice Wholesale Solutions foi responsável pelo investimento.

Segundo centro desta natureza em Portugal

Este é o segundo centro do tipo em Portugal, sendo o outro da Equinix. A CEO da Altice Portugal enfatizou a importância de espaços como este para estabelecer as cidades europeias como hubs europeus e mencionou o envolvimento da Altice no contexto internacional das telecomunicações.

Novo investimento em Portugal

O novo centro permitiu criar 10 postos de trabalho especializados, mas a empresa acredita que esse número poderá aumentar no futuro. A escolha de Linda-a-Velha como localização levou em consideração a sustentabilidade, a proximidade das infraestruturas internacionais relevantes e o potencial como nó da rede internacional da Altice.

MAIS:  A AICEP está sendo alvo de investigações no negócio do lítio em Portugal

Continuidade dos investimentos

Apesar da situação financeira do grupo Altice estar sob escrutínio, a CEO da Altice Portugal afirmou que a empresa continuará a investir em Portugal, desde que haja estabilidade regulatória. A Altice Portugal contribui, assim, para tornar Lisboa uma das cidades europeias mais relevantes nesta indústria.

Artigo anteriorMedina prevê um excedente que pode ser ainda mais alto e atingir 1% do PIB, afirma o CFP
Próximo artigoO cliente tem sempre razão, até na área da sustentabilidade