Início Atualidade Promessas eleitorais devem ser quantificadas pelo impacto nas contas públicas

Promessas eleitorais devem ser quantificadas pelo impacto nas contas públicas

Nazaré da Costa Cabral

PROMESSAS ELEITORAIS E SEU IMPACTO

O Conselho das Finanças Públicas defende que as promessas eleitorais para valorização salarial de algumas carreiras da administração pública devem ser quantificadas por uma questão de transparência e de ser conhecido o impacto nas contas públicas. Medidas que têm o apoio do Partido Socialista que já se mostrou disponível para viabilizar um orçamento retificativo para acomodar estas medidas.

NECESSIDADE DO PROGRAMA DE ESTABILIDADE

A poucos dias da esperada apresentação do Programa de Estabilidade, o CFP assume que tal poderá não ser necessário, uma vez que as regras orçamentais a nível europeu estão em fase de alteração, até nos próprios calendários. A presidente do CFP reconheceu que tal poderá nem acontecer, ou haver uma interpretação diferente sobre a estrutura do próprio documento. Nazaré da Costa Cabral admite que possa ser uma versão “mais simples”.

MAIS:  A Rede Amanhecer alcança as 600 lojas após a sua abertura em Viseu
Artigo anteriorQuer ser agente de seguros? Há uma seguradora com 100 vagas
Próximo artigoSantos Silva elogia a iniciativa de Pedro Nuno e afirma que a negociação do OE2025 entre o PSD e o PS é essencial