Início Atualidade Grupo DIA e Grupo Trinity chegam a acordo para venda da Clarel...

Grupo DIA e Grupo Trinity chegam a acordo para venda da Clarel em Portugal

Grupo DIA e Grupo Trinity chegam a acordo para venda da Clarel

A DIA Retail, filial do Grupo DIA, anunciou um acordo com o Grupo Trinity para a venda da Beauty by DIA, empresa que opera o negócio da Clarel. A transação está avaliada entre 11,5 milhões e 42,2 milhões de euros.

Valor da transação e condições do acordo

De acordo com a imprensa espanhola, a DIA Retail receberá pelo menos 11,5 milhões de euros em 2024, com a possibilidade de receber um máximo adicional de 15 milhões de euros em 2029. Além disso, a empresa receberá 18,7 milhões de euros a pagar faseadamente ao longo dos anos. A venda inclui as 1.000 lojas Clarel, três centros de distribuição e outros ativos.

Dependência das autoridades reguladoras

A concretização da venda está dependente do aval das autoridades reguladoras, e espera-se que seja concluída no primeiro semestre do próximo ano.

Estratégia de negócio das empresas envolvidas

Para o Grupo DIA, esta operação faz parte da estratégia de aposta no negócio da distribuição alimentar de proximidade. Já o Grupo Trinity destaca o alinhamento de objetivos corporativos entre a Clarel e o grupo colombiano, assim como a projeção da marca como uma das grandes marcas iberoamericanas.

MAIS:  Nova agência: Ana Catarina Mendes afirma que não é possível ter todas as respostas em apenas um mês

Histórico de venda da Clarel

O Grupo DIA colocou à venda as suas perfumarias em 2018, mas acabou por descartar o processo quando a LetterOne se tornou acionista. No entanto, voltou a tentar o desinvestimento e anunciou a venda à C2 Private Capital por 60 milhões de euros. Este negócio foi anulado no verão seguinte.

Venda das lojas Clarel em Portugal

A Dona do Minipreço põe as lojas Clarel à venda em Portugal, havendo mais de 70 lojas no país.

Artigo anteriorLobistas de combustíveis fósseis superam delegados em presença na COP28
Próximo artigoVodafone assina acordo com Digi como solução para viabilizar a aquisição da Nowo