Início Atualidade Estudo destaca contribuição da Mercadona para o PIB de Portugal

Estudo destaca contribuição da Mercadona para o PIB de Portugal

Mercadona

PRESIDENTE DA MERCADONA LAMENTA CONFRONTO POLÍTICO EM ESPANHA

O presidente da Mercadona, Juan Roig, expressou sua tristeza em relação ao “confronto político” em Espanha devido aos acordos do PSOE para formar um novo governo. Ele afirmou que essa divisão não é boa para a economia nem para o povo espanhol. Roig enfatizou a importância de políticos que proporcionem estabilidade e não coloquem obstáculos para os empresários.

MERCADONA EM PORTUGAL

A Mercadona abriu seu primeiro supermercado em Portugal em julho de 2019 e atualmente possui 48 unidades no país. No ano passado, alcançou vendas de 737 milhões de euros e emprega 3.500 pessoas. A empresa também possui três centros de inovação em Matosinhos, Vila do Conde e Lisboa, além de um bloco logístico na Póvoa de Varzim. Um novo bloco logístico está sendo construído em Almeirim, com previsão de abertura em 2024.

IMPACTO ECONÔMICO DA MERCADONA EM PORTUGAL

Um estudo conduzido pela Universidade do Minho e pelo Instituto Valenciano de Pesquisas Econômicas revelou que a Mercadona contribuiu com 1.297 milhões de euros para o Produto Interno Bruto (PIB) de Portugal desde que chegou ao país. Além disso, gerou vendas de 4.422 milhões de euros em toda a cadeia de produção e criou 55.655 empregos diretos, indiretos e induzidos. O estudo também destaca que cada euro de receita gerado nos supermercados da Mercadona gera nove euros na economia e cria mais de cinco novos empregos.

MAIS:  Costa considera discurso de Marcelo como importante, mas não comenta nada sobre Moedas

CONTRIBUIÇÃO EM IMPOSTOS

A Mercadona entregou 726,5 milhões de euros em impostos entre 2019 e 2022 em Portugal.

A Mercadona destaca seu impacto econômico positivo em Portugal, com investimentos significativos, geração de empregos e contribuição para o PIB e impostos do país.

 

Artigo anteriorNubank expande o mercado de criptomoedas oferecendo mais opções aos clientes
Próximo artigoNotícias Cripto: Banco Central oferece Bitcoin gratuito, Binance revela atualizações, venda da Bíblia em formato NFT e outras novidades