Início Atualidade A Greenvolt abraça o setor de energia solar distribuída na Irlanda ao...

A Greenvolt abraça o setor de energia solar distribuída na Irlanda ao adquirir a Enerpower por 25 milhões de euros.

A Greenvolt abraça o setor de energia solar distribuída na Irlanda ao adquirir a Enerpower por 25 milhões de euros

Greenvolt expande-se para o mercado de energia solar na Irlanda com a aquisição da Enerpower

A empresa portuguesa Greenvolt está prestes a entrar no mercado irlandês de energia solar distribuída através da compra da empresa irlandesa Enerpower. A transação, no valor de 25 milhões de euros, permitirá à Greenvolt expandir as suas operações para além de Portugal e entrar num novo mercado europeu. A Enerpower é uma empresa consolidada, com uma lista de clientes internacionais de renome, incluindo a PepsiCo, Lidl, Pfizer, Virgin Media, Tesco e Eli Lilly. Além disso, a transação prevê também um investimento adicional para o desenvolvimento de novos contratos de compra e venda de energia (PPAs).

Greenvolt adquire mais de metade do capital da Enerpower e investe em empresa satélite dedicada a PPAs

A Greenvolt irá adquirir 50,24% do capital da Enerpower, juntamente com uma participação de 50,25% numa empresa satélite dedicada exclusivamente a contratos de compra e venda de energia. O contrato assinado inclui uma opção para a Greenvolt aumentar a sua participação para 100% até 2028. No entanto, a conclusão da transação está pendente das aprovações regulatórias necessárias.

MAIS:  Apps maliciosas entre as principais ciberameaças durante a Black Friday

CEO da Greenvolt destaca a entrada no novo mercado e o potencial de crescimento da Enerpower

O CEO da Greenvolt, João Manso Neto, expressou entusiasmo com a entrada da empresa no mercado irlandês de energia solar distribuída. Ele também destacou o potencial de crescimento da Enerpower, mencionando que a empresa instalou uma capacidade total de 33 MW de energia solar em 2022 e espera um crescimento de mais de 30% em 2023.

Artigo anteriorHalloween: procura por alternativas sustentáveis aumenta 62% em plataforma de produtos reutilizados
Próximo artigoPortugal saiu do pódio das dívidas públicas europeias, confirma Eurostat