Início Atualidade Os portugueses viajam mais para o estrangeiro no segundo trimestre

Os portugueses viajam mais para o estrangeiro no segundo trimestre

Os portugueses viajam mais para o estrangeiro no segundo trimestre

Portugueses realizam mais viagens para o estrangeiro no segundo trimestre

Os residentes em Portugal realizaram 812,2 mil viagens para o estrangeiro no segundo trimestre, um número que traduz um aumento homólogo de 9,8% e revela uma aproximação progressiva aos níveis de 2019. No entanto, esse número ainda está 1,9% abaixo dos valores alcançados antes da pandemia. As viagens para o estrangeiro representaram 14,4% do total de 5,7 milhões de viagens realizadas no período, o que corresponde a um aumento de 6,1% em comparação com o ano passado e de 1% em comparação com 2019. Esses dados foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Viagens em território nacional impulsionam o aumento

As viagens em território nacional foram determinantes para o aumento no segundo trimestre, com um crescimento de 5,5% para um total de 4,8 milhões de viagens, representando 85,6% do total de deslocações entre abril e junho.

Principais motivações para viajar

A principal motivação para viajar no segundo trimestre foi lazer, recreio ou férias, com um aumento de 9,1% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Essa categoria representou 48,4% do total de viagens dos residentes. Em seguida, as visitas a familiares ou amigos originaram 2,1 milhões de viagens durante esses três meses, um aumento de 3,2%.

MAIS:  Investigação em andamento liga Ana Fontoura Gouveia à Operação Influencer

Opções de alojamento e organização das viagens

Os “hotéis e similares” concentraram 25,3% das dormidas resultantes das viagens turísticas, de acordo com o INE. No entanto, o alojamento particular gratuito foi a principal opção de alojamento, representando 60,4% das dormidas. Em relação à organização das viagens, a internet foi utilizada em 25,6% dos casos, sendo a opção escolhida para 64,8% das viagens para o estrangeiro e para 19% das viagens em território nacional.

Artigo anteriorKepler Cheuvreux reduz o “alvo de preço” da Jerónimo Martins
Próximo artigoEsperanças de aprovação de ETF de Bitcoin nos EUA impulsionam o preço da criptomoeda