Início Atualidade Governo da Polónia prolonga plano de moratórias para famílias com dificuldades financeiras

Governo da Polónia prolonga plano de moratórias para famílias com dificuldades financeiras

Regulador português impõe restrições aos dividendos dos bancos nacionais

GOVERNO DA POLÓNIA ANUNCIA PROLONGAMENTO DO PLANO DE MORATÓRIAS

O governo da Polónia anunciou que quer prolongar o plano de moratórias que permite às famílias realizar uma pausa de quatro meses no pagamento do crédito à habitação para este ano. O anúncio foi feito através de uma nota publicada no site da chancelaria, citada pela Bloomberg.

NOVAS CONDIÇÕES PARA O ACESSO À MORATÓRIA

A pausa poderá ser feita nos casos em que a prestação atinja 30% do vencimento, e o crédito terá de ser inferior a 1,2 milhões de zlotys (278 mil euros ao câmbio atual), o que deverá alargar o leque de beneficiários. Famílias com mais de três filhos poderão beneficiar independentemente da taxa de esforço.

EXTENSÃO DO PERÍODO DE “FÉRIAS” NO PAGAMENTO DO CRÉDITO

O esquema de “férias” do pagamento da prestação do crédito da casa estará disponível durante dois meses, de 1 de maio a 30 de junho, e durante um mês em cada um dos terceiro e quarto trimestres. A medida ainda precisa de aprovação parlamentar e deve entrar em vigor em maio.

MAIS:  A SunEnergy foi selecionada pela Tesla para a instalação das baterias domésticas Powerwall em Portugal

IMPACTO FINANCEIRO DA PROLONGAÇÃO DA MORATÓRIA

A prorrogação poderá custar aos bancos cerca de 3,7 mil milhões de zlotys, o equivalente a 856,3 milhões de euros. A Associação da Banca Polaca estima que 620 mil famílias sejam elegíveis para a moratória.

ANÁLISE DOS ESPECIALISTAS

Os analistas da Bloomberg Intelligence consideram a extensão “viável”, pois o custo da medida deverá ser inferior a 4% do total de receitas do setor bancário. A rentabilidade deste ano poderá ser impulsionada pelos ‘spreads’ entre empréstimos e depósitos.

DECLARAÇÕES DO BCP E MOVIMENTOS NO MERCADO

O BCP não quis comentar a situação. As ações do banco polaco e do BCP registaram desvalorização após o anúncio do prolongamento da moratória.

Artigo anteriorNors adquire Great West Equipment e reforça presença no Canadá
Próximo artigoInflação nas economias do G20 desacelera em janeiro com apenas Argentina e Turquia acima dos 10%