Início Atualidade UE eliminará gases nocivos em refrigeradores e condicionadores de ar até 2050

UE eliminará gases nocivos em refrigeradores e condicionadores de ar até 2050

UE eliminará gases nocivos em refrigeradores e condicionadores de ar até 2050

ACORDO POLÍTICO PARA A ELIMINAÇÃO PROGRESSIVA DOS GASES FLUORADOS ATÉ 2050

O Conselho da União Europeia e o Parlamento Europeu alcançaram um acordo político para a eliminação progressiva até 2050 dos gases fluorados, utilizados em frigoríficos, aparelhos de ar condicionado, bombas de calor ou equipamentos de proteção contra incêndio. Esta medida irá reduzir as emissões para a atmosfera e contribuir para limitar o aumento da temperatura global.

REGULAMENTAÇÃO SOBRE SUBSTÂNCIAS NOCIVAS À CAMADA DE OZONO

Além do acordo sobre a regulamentação dos gases fluorados, os negociadores também chegaram a acordo sobre outra regulamentação relacionada com substâncias nocivas à camada de ozono. Esta medida irá fortalecer as proibições de comercialização de produtos que contenham hidrofluorocarbonetos (HFC) ou gases fluorados, acelerar a adoção de soluções mais respeitadoras do clima e oferecer garantias aos fabricantes e investidores.

O PARLAMENTO EUROPEU COMEMORA O ACORDO

O Parlamento Europeu comemorou este acordo e destacou a importância de acabar com os gases fluorados com efeito de estufa. O acordo estabelece datas específicas para a eliminação gradual da utilização destes gases em setores onde seja viável a mudança para alternativas mais sustentáveis. Também estabelece condições e prazos rígidos para a utilização de gases fluorados com alto potencial de aquecimento global.

MAIS:  Europa registra ganhos em dia de alto apetite por risco

IMPACTO NAS EMPRESAS ECONOMIA EUROPEIA

Segundo o eurodeputado ambientalista alemão Bas Eickhout, o acordo será benéfico tanto para o clima como para a economia europeia. As empresas europeias já estão na vanguarda do desenvolvimento de alternativas limpas aos gases fluorados, o que proporciona clareza e segurança aos investimentos.

GASES FLUORADOS E AS EMISSÕES DE GASES COM EFEITO DE ESTUFA

Os gases fluorados com efeito de estufa são utilizados em eletrodomésticos comuns e representam cerca de 2,5% das emissões de gases com efeito de estufa (GEE) da União Europeia. Estes gases são regulados pelo Acordo de Paris, juntamente com o CO2, o metano e o óxido nitroso.

Artigo anteriorAlstom revisa previsões e despencade 38% na bolsa
Próximo artigoExportações alemãs registram novo declínio em agosto