Início Atualidade Coligação de startups e investidores para promover tecnologias limpas em Portugal e...

Coligação de startups e investidores para promover tecnologias limpas em Portugal e Espanha

Nova coligação de startups e investidores para promover tecnologias limpas em Portugal e Espanha

A Web Summit foi palco esta quarta-feira do lançamento de uma nova coligação de startups e investidores para a promoção de tecnologias limpas em Portugal e em Espanha, promovida pelo Cleantech Group e pela Breakthrough Energy, uma iniciativa fundada por Bill Gates que se concentra no desenvolvimento e expansão de soluções de energia limpa. Com o apoio do Parlamento Europeu, a Cleantech for Iberia reúne para já 18 inovadores e cerca de 100 investidores que, combinados, representam mais de mil milhões de euros que podem ser investidos em soluções neutras em carbono na Península Ibérica nos próximos anos.

Promoção da Península Ibérica como centro industrial limpo da Europa

“Este é o momento certo para a Península Ibérica: as renováveis, o hidrogénio verde. Pela primeira vez, a comunidade ibérica de tecnologias limpas uniu forças para falar a uma só voz. Esta coligação marca o início de um novo capítulo emocionante para estabelecer a Península Ibérica como o próximo centro industrial limpo da Europa”, acrescentou a responsável, sublinhando que “é uma questão de alinhar todos os atores do ecossistema, definir os objetivos e fazer ouvir a voz dos inovadores e investidores”.

MAIS:  Engel & Völkers Porto regista crescimento de 50% no seu volume de faturação em 2023

Criação de um ecossistema empreendedor e desenvolvimento de “scaleups”

A Cleantech for Iberia visa criar um ecossistema empreendedor e promover o desenvolvimento de “scaleups”, empresas que já conseguiram angariar pelo menos um milhão de dólares. Além disso, procura promover investimentos especializados e políticas alinhadas com as políticas de descarbonização em Espanha e Portugal. A aliança procura ainda angariar capital e impulsionar o empreendedorismo e a criação de emprego em novas indústrias verdes nos próximos anos.

Vantagens de investir em tecnologias limpas na Península Ibérica

De acordo com a Cleantech for Iberia, as vantagens de investir em tecnologias limpas na Península Ibérica são a utilização de energia renovável barata e abundante, o estabelecimento de metas ambiciosas de energia renovável, mão-de-obra qualificada, armazenamento de energia e produção de hidrogénio verde, e um tecido industrial resistente. Ao mesmo tempo, espera-se um crescimento na indústria do hidrogénio verde, para a qual Espanha contribuiria com 20% das iniciativas a nível mundial, segundo a aliança.

Apelo a políticas industriais e coordenação a longo prazo

Desta forma, a Cleantech for Iberia apela a políticas industriais que possam colmatar a lacuna entre as metas ambiciosas dos dois países e as necessidades dos ecossistemas, bem como acelerar a reindustrialização através de políticas que abarquem toda a cadeia de valor e custos de desenvolvimento dos projetos. Além disso, é fulcral ligar a Península Ibérica com o resto do mundo, coordenando planos de infraestruturas a longo prazo.

MAIS:  PS destaca abertura para propostas da oposição e agradece trabalho do Governo

Cleantech for Iberia faz parte da Cleantech for Europe

A Cleantech for Iberia faz parte da Cleantech for Europe, uma iniciativa para promover tecnologias limpas na Europa, que marca presença em vários países. A coligação também conta com a participação de fundos climáticos e empresas da região que investiram em tecnologias limpas.

Artigo anteriorO Bank Millennium titulariza 1,66 mil milhões em crédito e fortalece os requisitos de capital
Próximo artigoLisboa sofre uma queda superior a 1%, com apenas duas empresas cotadas a resistir