Início Atualidade Preço do Ethereum hoje 01/12/2023: O mercado registra uma valorização de 6%,...

Preço do Ethereum hoje 01/12/2023: O mercado registra uma valorização de 6%, impulsionado pela demanda crescente e maiores perspectivas de uso da tecnologia blockchain

Bitcoin sobe 2% e se aproxima de quebrar resistência nos US$40 mil

A principal criptomoeda do mercado, o Bitcoin (BTC), está cotada na manhã desta sexta-feira, 01/12/203, em R$ 190.445,11. Os touros começaram dezembro elevando o preço do Bitcoin em 2% e buscando quebrar a resistência do nível de US$ 38.500 pretendendo fechar o mês acima de US$ 40 mil.
Segundo Fernando Pereira, gerente de conteúdo da Bitget, o BTC deve apresentar alta volatilidade nos próximos 3 dias. Pereira aponta que o fechamento mensal com momentum positivo reflete uma confiança crescente dos investidores, criando um ambiente propício para o potencial crescimento do mercado. Traders e analistas estão atentos a um nível de resistência chave, pois um rompimento decisivo pode abrir caminho para movimentos ascendentes adicionais, contribuindo para o otimismo geral no mercado.
Porém, os dados históricos de dezembro revelam que o BTC fechou este mês positivamente em apenas 4 dos últimos 10 anos. Portanto, embora haja expectativas de alta, não há garantias sobre o desempenho do Bitcoin neste mês.
Há oportunidades de entrada rápida para operações de curto prazo, destinadas apenas a traders avançados, dada a moderada/alta exposição ao risco. A compra é sugerida em torno de US$ 37.500, enquanto a venda é considerada em torno de US$ 41.000, afirma Pereira.
Bitcoin de Natal: MicroStrategy compra mais US$ 600 milhões
No mês de novembro, o Bitcoin subiu 8,8% e o Ethereum 13%. O BTC atingiu um novo máximo anual acima de US$ 38.500. O analista @Bitcoin_Bullets_Trading indica que o Bitcoin apresenta um cenário promissor no gráfico mensal de candlesticks, indicando uma possível quebra acima da marca de US$ 38.500.
Além disso, 83% dos executivos do Brasil acreditam que criptomoedas vão mudar o país. Drex, criptomoedas, tokens RWA e ativos digitais são considerados fatores que trarão mudanças significativas ao país.
As criptomoedas com maior alta no dia 01 de dezembro de 2023, são: Celestia (TIA), Ordi (ORDI) e Frax Share (FXS), com altas de 15%, 11% e 9% respectivamente.
O Bitcoin (BTC) é uma moeda digital descentralizada, que não é controlada por nenhuma instituição ou governo. Sua quantidade é limitada a 21 milhões de Bitcoins. Foi apresentado pela primeira vez em 2009 por um programador anônimo chamado Satoshi Nakamoto. O Bitcoin oferece independência financeira e transparência nas transações, sendo armazenado em um grande livro-razão público e distribuído chamado Blockchain.
Apesar das expectativas positivas para o Bitcoin em dezembro, não há garantias sobre seu desempenho. Cada investimento deve ser acompanhado de uma pesquisa adequada para tomar decisões informadas.

MAIS:  Explosão em refinaria da Galp em Sines causa um ferido
Artigo anteriorBitcoin retorna a US$ 38.000 em dezembro, com resistência em US$ 47.000
Próximo artigoLisboa encerra em alta com o BCP alcançando máximos de janeiro de 2018